Follow by Email

Total de visualizações de página

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

A hora está chegando


Fim de ano, uvas brancas na fase final de maturação, esperança de bom tempo e boa colheita.
Na fotografia acima podemos ver uma fileira de Chardonnay conduzida em espaldeira alta, ou seja com o primeiro arame a quase 1 metro de distancia do chão, já desfolhado para que o sol chegue diretamente no cacho.
As uvas branças são mais precoces que as tintas e por isso são colhidas nos últimos dias do mês de janeiro ou no inicio de fevereiro, variando conforme a região. Na Serra mais cedo, na Campanha mais tarde.
Na fase do envero ou mudança da cor, o grão não cresce mais e a casca fica translúcida, permeável aos raios solares por isso a importância do desfolhe que permite que o sol realize a importante tarefa de maturar o fruto.
Para quem elabora vinhos com destino a espumantes é importante tomar cuidado do grau de maturação que não pode ser excessivo. Na Campanha, onde elaboro estas uvas na Vinícola Peruzzo de Bagé da qual sou consultor, colhemos quando a uva atinge um álcool potencial próximo a 11,00 % de modo a manter um bom teor de acidez que garantirá o frescor e a força do futuro espumante.
Tudo indica que a safra 2012 será de excepcional qualidade pelo comportamento do clima, com noites frias, dias ensolarados e quentes e sem chuvas.

Nenhum comentário: