Follow by Email

Total de visualizações de página

sexta-feira, 26 de junho de 2009

O bom senso


A revista Veja publicou um artigo da série Dieta chamado “A volta do bom senso” destacando uma nova (entre tantas!) dieta para emagrecer proposta pela nutricionista Connie Guttersen em seu livro A Dieta de Sonoma, que desde dezembro de 2005 já vendeu meio milhão de exemplares.
Para quem achar que Connie é mais uma das tantas figuras que prometem milagres, é importante destacar que ela é consultora de empresas como Nestlé e Kraft, dois monstros da área alimentícia.
Ela afirma que se o regime não incluir comidas e momentos saborosos ninguém consegue segui-lo, o que é uma tremenda verdade. Mais do que relacionar alimentos recomendáveis, Connie propõe uma mudança de hábitos alimentares consumindo pratos saborosos na medida certa, e combinados com alimentos pouco calóricos. Recomenda ainda desafios como: preste atenção no que tem no prato, não coma frente à TV, faça da refeição um momento prazeroso ingerindo sem remorso alimentos saborosos e beba uma taça de vinho que ajudará a comer mais devagar, saboreando o momento, relaxado.
Sempre dizemos que as noticias que afirmam que o vinho, bebido moderada e diariamente faz bem para prevenir doenças, não o transforma num remédio. Pela capacidade de oferecer momentos prazerosos sempre afirmamos que um cálice de vinho, branco, tinto ou rosado ou uma taça de fresco e borbulhante espumante, são benéficos para a saúde da alma e por isso ajudam a saúde do corpo.
O importante da proposta de Connie e chamar a atenção para o bom senso. Nenhum alimento ou bebida faz mal quando ingerido moderadamente, de forma equilibrada, sem resultar em misturas explosivas. É a forma mais eficaz de fazê-lo sem remorsos, sem aumentar a já pesada situação de estreasse na qual geralmente vivemos.
Faça do vinho ou do espumante seus fieis companheiros nessas horas. Com certeza ajudarão para que sejam mais prazerosas.

Nenhum comentário: